Leilões online, presenciais e simultâneos de Veículos, Imóveis, Industrial, Agrícola, Bens de Consumo, Entre outros.

  • Quinta - 02 de Dezembro de 2021

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Código do Leilão: 0256/2019

2ª Leilão

2ª VARA Cível da Comarca DE SANTIAGO-RS

Autos nº: 064/1.08.0000683-1 - 0006831-32.2008.8.21.0064

Exequente: Nicola e Fernandes LTDA

Executado: EDBER RAMOS

Local do pregão: Av. Batista Sobrinho Bonoto n°157 - SANTIAGO-RS

Tipo de Leilão: Presencial

Total de Lotes:

1

Faltam 1D 01:13:20 para o início do fim do leilão

ENCERRADO

Avaliação:

R$ 318.894,81

Incremento:

R$ 500,00

1º Leilão:

21 de Maio de 2019 às 15h00

Lance inicial em 1º Leilão:

R$ 318.894,81

2º Leilão:

28 de Maio de 2019 às 15h00

Lance inicial em 2º Leilão:

R$ 159.447,40

Localização:

SANTIAGO/RS

Informações de abertura

Incremento:

R$ 500,00

Total de visualizações:

3192

Total de Lances:

0

Arrematantes homologados:

82

Descrição detalhada do Lote

Imóvel Rural denominado e localizado no segundo distrito do município de Santiago matricula 1.919, do CRI de Santiago, anexo fl 10 a 13 dos autos do processo, hoje município de Capão do Cipo, lugar denominado "Curral das Tunas", com área de 15,00(quinze) hectares, com as seguintes confrontações: ao NORTE,  com Rufino Garcia do Nascimento; ao SUL com a estrada RS-168 Estrada Estadual de Santiago a Tupanciretã, e com Sucessão de Alexandrina Silveira Barbosa; e a LESTE com campos de Alexandrina Silveira Barbosa,; e a OESTE com campos de Zeni Machado e Laurindo Vieira, matrícula do Cartório de Registro de Imóveis de Santiago, n° 1.919, do imóvel descrito nesta matricula somente 15 ha. Conforme Laudo Pericial fls 198 a 205.

 
 
 

Localização do bem

Formas de pagamento

à Vista ou 25% de entrada e o resto no máximo em 30 vezes

Histórico de lances recebidos

                 
valorusuário/placalocalidadedata/horário
Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.